Por Thieny Molthini

Menos ansiedade, menos estresse e melhora do sistema imunológico são apenas alguns dos benefícios da meditação. Além disso, não é preciso muito tempo de prática para começar a sentir os reflexos positivos do exercício no bem-estar geral. Mas se você acha que não consegue meditar porque é difícil reservar esse tempo ou desafiador esvaziar a mente, preparamos um passo a passo de como começar a meditar em apenas quatro etapas.

Por que começar a meditar?

“O papel da meditação é te fazer focar nas sensações do seu corpo, na sua respiração e soltar os pensamentos. Com isso, lidamos melhor com o estresse e a ansiedade do dia a dia, melhorando o bem-estar e acalmando a mente”, explica Bruna Borges, terapeuta energética do ZenKlub.

Por melhorar o estresse, consequentemente beneficiamos o nosso sistema imunológico, já que o estresse deixa o corpo em estado de alerta, fazendo com que ocorra a produção de um hormônio chamado cortisol, que é liberado quando nos sentimos ameaçados. “Com a meditação, conseguimos acalmar a nossa mente e entender que está tudo bem e, assim, o corpo pode sair desse estado de alerta”, afirma Bruna.

Além disso, com a mente mais calma, o sono é ainda melhor e mais revigorante. No mais, por ser um exercício de foco e concentração, você acaba desenvolvendo a habilidade da atenção plena (viver o momento presente).

Preciso meditar por muito tempo?

Para começar, 10 minutos por dia já são suficientes. Depois, você pode aumentar aos poucos, no seu tempo. O importante, primeiramente, é criar o hábito da meditação.

Como começar a meditar em 4 passos

Para facilitar a inclusão desse hábito à sua rotina, Bruna preparou um passo a passo simples e prático de como começar a meditar hoje mesmo.

1. Esteja completamente presente

Escolha um horário que você possa estar 100% presente na prática. “Se não consegue se comprometer com mais de 10 minutos por dia, pode começar com o tempo que tem disponível”, orienta Bruna.

2. Desligue os eletrônicos

Desligue o celular, o computador e todas as distrações. Fique em um ambiente tranquilo, para que nada te incomode.

3. Esteja à vontade

Sente-se de maneira confortável com a coluna ereta e feche os seus olhos.

4. Foque na sua respiração

Comece a prestar atenção na sua respiração, no seu coração e em todas as sensações do seu corpo. “Então respire fundo, levando embora qualquer pensamento que vier até você.”

Como começar a meditar, se não consigo esvaziar a mente?

Se “limpar” a mente e pensar em nada é um desafio, tenha paciência, porque isso também faz parte do processo. “Na meditação não ficamos pensando em nada, mas nós observamos nossos pensamentos sem ir atrás deles. Na verdade, nós percebemos o pensamento e deixamos ele ir embora”, comenta Bruna.

Para ficar mais fácil, Bruna exemplifica da seguinte forma: se durante a meditação vem o pensamento “está frio”, ao invés de se questionar o motivo desse pensamento, criar histórias e soluções para isso, como “ontem estava frio e eu queria ir à praia amanhã”, você, simplesmente, percebe esse pensamento e deixa ele ir, sem criar outros pensamentos em cima disso.

“Conforme meditamos, treinamos o nosso cérebro para ter mais plasticidade para voltar a esse estado de relaxamento com facilidade”, afirma a terapeuta. “Com isso, passamos a ter mais controle sobre as ações do nosso dia a dia, respondendo às situações de maneira mais lúcida, ao invés de reagir sem consciência.”

Fonte: “smart fit news”

https://conteudo.smartfit.com.br/como-comecar-a-meditar-4-passos/